“The merits of Urbania lie in its ability to bring to the surface questions of what is sacred and what is not to me personally. The pilgrimage reveals just how much I worship the changing urban lifestyle.”

 

MARIA SÄKÖ, Helsingin Sanomat, 6/3/2010

 

“URBANIA dá-lhe as boas-vindas. Esta cidade foi fundada depois de todas as outras. Estamos contentes por tê-lo cá. A cidade não o conhece. A cidade não precisa de si. Mas é bem-vindo aqui. A cidade não o convidou. Mas é bem-vindo aqui. No fim, estaremos aqui outra vez – para que possamos começar outra vez. No fim, pode esquecer a cidade, para que possa conhecer a cidade outra vez. Repetiremos esta viagem enquanto a cidade aqui estiver – para nos assegurarmos de que a cidade está aqui. SEJA BEM-VINDO.”

URBANIA é uma performance site-specific que toma a forma de uma visita guiada pelo espaço urbano. URBANIA não é uma cidade. É talvez a forma como atravessamos a cidade. Ou talvez só um modo particular de a olharmos: uma lente. Um guia levar-nos-á. Evoca-se um estado poético para viver este lugar.

urbania

teatro meia volta e depois à esquerda quando eu disser