teatro meia volta e depois à esquerda quando eu disser

2014

Rio de Janeiro é uma cidade de contrastes socioeconómicos e culturais, acentuados ainda mais pelos projectos de requalificação urbana para acolhimento do Campeonato Mundial de Futebol e dos Jogos Olímpicos.

 

O poder político acredita que estes eventos vão alavancar o país e avança com um plano profundo de reestruturação (higienização?) da cidade. Pacificação das favelas, aumento da segurança, reestruturação de infra-estruturas, campanhas turísticas – estas são as principais ferramentas utilizadas pelos governantes, mas que encontraram uma enorme resistência em grande parte da população. Para além de contestarem o gigantesco investimento financeiro num país com profundas carências, os cariocas reclamam o direito à sua cidade, lançando slogans como “Copa para quem?”.

 

Em colaboração com o Teatro Ipanema No Lugar, URBANIA toma a forma de um percurso repetitivo e ritualizado em torno de uma praça em construção do bairro de Ipanema, procurando abordar a actual situação sociopolítica da cidade.

urbania | rio de janeiro